A comunicação de um casal é importante, mas sem esse ingrediente o seu relacionamento não vai durar

371
1
Compartilhe:

Assim como uma receita de bolo pode parecer simples para aquelas pessoas que possuem o dom da culinária, a receita para um relacionamento bem-sucedido pode parecer simples para algumas famílias, porém, totalmente complicada para outras.

Da mesma maneira, referindo-se à receita, dificilmente encontramos uma receita de bolo que não exista farinha, seja de trigo ou de algum outro elemento, para que possa dar liga aos outros ingredientes. Assim também existe um ingrediente essencial a todo relacionamento, aquele que faz fluir os demais, que une e incorpora os demais ingredientes, esse ingrediente essencial é o PERDÃO!

Pode ser fácil dizer que se ama uma pessoa quando ela está fazendo tudo o que lhe agrada, mas o verdadeiro amor se constrói e se enraíza nas folhas diárias do perdão, da compaixão, da misericórdia pelo amado.

“Você quer ser feliz por um instante? Vingue-se. Você quer ser feliz para sempre? Perdoe!” (Tertuliano).

Nosso verdadeiro amor trata-se de escolhas diárias de acréscimo desse ingrediente: o perdão, a compaixão, a misericórdia.

Quando somos ofendidos, logo nosso ego pensa e deseja uma vingança, algo em troca, quando na verdade nosso coração precisa desejar ser amoroso, ser compreensivo, e perdoar.

Pergunte a alguém que está há muitos anos em um relacionamento quantas vezes precisou perdoar seu parceiro pelas coisas mais terríveis e difíceis que tenha ouvido, ou vivido, e certamente ouvirá que muitas vezes esse relacionamento necessitou de perdão.

 

Encontre motivos para perdoar

Esteja você recém-casado ou novo em um relacionamento, se ponderar por alguns instantes e decidir não guardar essa mágoa em seu coração, mas jogá-la para bem longe, provavelmente encontrará razões e motivos para perdoar mais uma vez, uma ofensa, um descuido, uma falta de atenção, uma palavra dita sem pensar, um comportamento imaturo, um pecado.

Leia também:  Como evitar brigas no relacionamento seguindo 3 regras básicas

“A natureza de nossa resposta frente a essas situações pode determinar a natureza e qualidade da nossa vida” (Marion Hanks).

A misericórdia é quase sempre silenciosa e modesta, recebe poucos aplausos e manchetes, é a antítese da vingança e do ódio, da ganância e do egoísmo ofensivo.

 

Comunicação de coração para coração

Precisamos analisar nossas situações rotineiras no relacionamento da seguinte maneira:

 

Com olhos que enxerguem as angústias: Ou seja, quando olharmos para nosso parceiro que nos ofendeu, que está irritado, ou comportando-se de maneira inadequada, precisamos tentar vislumbrar através de seus olhos suas dores, seus sentimentos, o real motivo que os leva a estar assim momentaneamente.

 

Ouvidos que escutam os pedidos silenciosos de socorro: Todos temos problemas, traumas, dores, e muitas vezes não conseguimos expressar da maneira correta nossos sentimentos, então magoamos, cabe a nós como parceiros ativar nossa escuta atenciosa e sem julgamentos.

 

Coração carregado de compaixão: Nosso amado parceiro pode estar delicadamente com o coração dilacerado por algum motivo, partido em pedaços por algo que nos é desconhecido. A paciência e diálogo devem ser nossos melhores amigos no relacionamento.

Junte todos os mais deliciosos ingredientes que você tiver guardado durante toda a sua vida e vivência, e use-os agora, misture com cuidado e acrescente muito amor, prepare o bolo da sua vida e seja muito feliz em seu relacionamento amoroso hoje e para sempre!

“Nem a melhor música produz constantemente a harmonia de um grande amor”(James Faust).

Via Familia.com.br

Esse post te ajudou? Compartilhe com seu amigos! 🙂