Ame do seu jeito

590
0
Compartilhe:

Tão rápido quanto você começa um relacionamento, vêm as dicas de como lidar com ele. Parece que todo mundo guarda um segredo para o namoro perfeito. Mas não é assim que funciona. O amor não é um cálculo matemático do qual seguir etapas predeterminadas vai resultar em um lindo final de conto de fadas com direito a “viveram felizes para sempre”. O amor é a escolha de dois seres humanos em compartilhar uma vida. E o “sucesso” de uma relação está inteiramente ligado à personalidade e aos gostos desses dois seres, por isso muda tanto de caso pra caso.

Não que você não possa aceitar conselhos de outras pessoas. Principalmente nos primeiros relacionamentos, quando não sabemos o que fazer, é importante ter uma ajuda de amigos ou parentes mais experientes no assunto. O problema é fazer desses conselhos regras que não possam ser quebradas.

Por exemplo, só porque seu amigo levou a namorada dele em um restaurante italiano fino no primeiro encontro, daqueles que tem um código de vestimenta e um milhão de talheres, e eles estão juntos até hoje não quer dizer que você precise fazer o mesmo. Se você não se sente confortável num lugar desses ou se algum outro conselho vai totalmente contra quem você é, desencana. Converse com seu parceiro e definam o que vocês acham melhor para o relacionamento de vocês.

Esse é o segredo de um milhão de reais para um relacionamento dar certo, os dois têm de descobrir, juntos, como vai dar certo pra eles. Voltando ao exemplo, se o rapaz leva menina pro restaurante chique, onde ele não se sentiria bem, e a menina sente o mesmo, que aquele não é o seu lugar. O rapaz podia ter perguntado antes e descoberto que ela adora a mesma lanchonete da esquina, que serve um hambúrguer gostoso e um refrigerante gelado. Lá os dois estariam bem e poderiam ter certeza de que a noite valeria a pena.

Leia também:  Sempre que me perco em seu sorriso

Nada impede também que ela gostasse do restaurante fino e fizesse um papel de confortá-lo em um ambiente estranho. Assim, a companhia ia prevalecer e tornar o jantar agradável. No fim, aquele restaurante nem ia parecer mais tão ameaçador e talvez ele pudesse começar a gostar do lugar, experiência pela qual nunca passaria sozinho.

São as possibilidades que movem a vida. E o amor também tem as suas possibilidades. Ninguém sabe tudo o que vai decorrer de suas decisões. Conselhos são importantes para apresentar precedentes que funcionaram, mas não excluem o sucesso de novas tentativas. Descubra o seu jeito de amar, e se isso deixar sua vida feliz e funcionando, sendo bom para os dois, então é o suficiente. Ame do seu jeito.

Igor Andreola